Experts

Tangerino by Sólides: a experiência de vender um negócio

Foi o amor pela tecnologia e por solucionar problemas que me levou a empreender. Ao longo de minha carreira na Ciência da Computação, me cerquei de bons parceiros de negócio, aproveitei cada oportunidade de expansão do conhecimento e busquei contribuir com inovação.

Ao todo, foram mais de 50 soluções criadas ao longo da minha carreira profissional junto com meus sócios. O desenvolvimento do Tangerino foi motivado por um mindset diferente. Corremos atrás para conquistar novos patamares, criar um produto digital escalável, e conseguimos.

Nesse processo, a Sólides desde o início, sempre foi uma grande parceira, muito alinhada à nossa cultura e valores. Tomei a decisão de vender o Tangerino à Sólides certo de que nossos negócios se complementariam, de forma a multiplicar o valor entregue ao nosso cliente, uma solução completa com potencial para ser líder no mercado brasileiro. Foi assim que nasceu o Tangerino by Sólides.

LEIA TAMBÉM: Com foco em RH de PMEs, Sólides levanta US$ 100 milhões da Warburg Pincus

Uma ideia empreendedora

Ao longo da minha jornada, precisei reinventar soluções diversas vezes, até que os avanços culminaram na criação da Framework, empresa de serviços digitais. O nosso lema era criar, testar, errar, corrigir e, assim, seguir inovando. 

Desenvolvemos diversos projetos que ofereciam soluções com bastante aderência do mercado. Entretanto, os serviços tinham suas limitações. Então, identifiquei a necessidade de mudar a nossa mentalidade e quem sabe apostar em um produto digital.

Em 2014, fui convidado para participar de um programa de inovação e empreendedorismo na Universidade de Stanford e mantive esse mindset. Lá, o produto que viria a se tornar o Tangerino foi desenvolvido e criamos toda a estrutura do negócio. Naquela época, eu já percebia que a solução tinha muito potencial.

Em Stanford, conheci não só os fundadores da Sólides, Monica Hauck e Alessandro Garcia, como também vi o negócio renascer. Por isso, sempre fomos próximos, em diversos sentidos. Os dois negócios foram idealizados e desenvolvidos no mesmo ambiente. Também foram situados, na prática, no mesmo local de origem: o ecossistema mineiro de startups.

LEIA TAMBÉM: Worc compra outra HRTech, Hrestart, especializada em processos de admissão

O lançamento e expansão do Tangerino

O produto de controle de ponto foi criado, inicialmente, como um spin-off da Framework para registro de jornada de trabalho de empregados remotos. 

Fizemos benchmarking com empresas estrangeiras e lançamos nosso produto de forma gratuita em 2015. A solução era robusta, completa e com alto número de downloads, usuários e, consequentemente, feedbacks mostraram que nosso produto tinha tração no mercado, com a aderência de pequenas e médias empresas. 

Em 2016, começamos a, de fato, vender a nossa solução como um controle de ponto digital para empresas. Nesse período, foi necessário desenvolvermos estratégias para educar o mercado sobre a solução oferecida ser 100% legal. Então, durante a pandemia, quando soluções digitais se tornaram ainda mais necessárias, nosso número de clientes cresceu exponencialmente.

Ao longo de toda essa nossa jornada, o relacionamento com a Sólides sempre foi bastante próximo. Partimos de um mesmo ponto, anos atrás, e construímos diversas ações em parceria. 

Uma delas foi o RH Trip que aconteceu em 2019. Consistiu em uma parceria entre a Sólides, Tangerino e o SENAC-MG que realizou eventos buscando levar conhecimento sobre recursos humanos e departamento pessoal nas cidades do interior do estado mineiro. Voltado para empreendedores, gestores e profissionais de RH e DP, o evento levou conteúdo relevante a esses profissionais e chamou atenção às novas demandas, tecnologias e a forma de se fazer gestão de pessoas.

Também realizamos diversos webinars em parceria a fim de propagar ferramentas, métodos e tecnologias que contribuam com a melhora da performance dos profissionais da área, assim como materiais ricos sobre desenvolvimento de lideranças, gestão remota, flexibilização do trabalho. 

LEIA TAMBÉM: Revelo, de recrutamento de desenvolvedores, compra duas startups da mesma área no México

O Tangerino atento às oportunidades de expansão

Nós nos mantivemos atentos às oportunidades que pudessem alavancar ainda mais nosso negócio e proporcionar uma expansão mais robusta. Àquela altura, de algo, tínhamos clareza: as melhores soluções de DP e RH do Brasil estavam em Belo Horizonte.

O ecossistema mineiro mostrou-se o ambiente ideal para concretizar mudanças. Sólides e Tangerino poderiam não só atuar em parceria, mas unir-se. E a sinergia vivenciada nas parcerias já permitia grande proximidade entre nossos times. Era nítida a complementaridade.

Como se tratam de duas empresas com culturas organizacionais extremamente alinhadas, partimos para um processo de negociação.

A negociação com a Sólides sobre a aquisição do Tangerino teve início a partir da iniciativa das duas empresas. Já era um namoro antigo, já que ambas nasceram quase juntas aqui em BH e participamos juntos do programa em Stanford.

As conversas tiveram início em 2021. Este movimento, desde o início, fez sentido para os dois negócios. As negociações foram avançando, e cada vez que tínhamos uma conversa, ficava mais claro que tinha algo muito bom por vir. 

Negociações sempre deixam uma tensão no ar, mas o desejo de fazer algo maior, impactar a vida e os processos das pequenas e médias empresas em todo o Brasil sempre foi o nosso maior desejo. Isso clareou e norteou sempre nossas negociações.

LEIA TAMBÉM: Pulses espera mais do que dobrar de tamanho em 2022, atingindo R$ 25 milhões em receita

Os bastidores dessa grande tomada de decisão

Decidir entre duas boas opções é sempre difícil. Tínhamos um caminho excelente pela frente, independente de qual fosse a direção a seguir, fosse de mãos dadas com a Sólides ou não. 

Não nego que foi um desafio extrair os aspectos emocionais dessa decisão. Entretanto, busquei fazer um movimento que fizesse sentido para o cliente, para nossa equipe e para o Tangerino

Dentre meus critérios, priorizei fazer algo que trouxesse um crescimento ainda mais acelerado. Além disso, também considerei aquilo que seria uma experiência positiva, desafiante e legal para todos, profissionalmente. Pensei na excelente oportunidade de crescimento que eu e todo o time do Tangerino tínhamos à nossa frente.

Essa decisão envolveu muitas expectativas futuras, muitas pessoas e pontos sobre os quais nem mesmo temos uma resposta definitiva. Eu, que sou uma pessoa das ciências exatas, que se orienta por números, realmente me senti desafiado.

Então, minha decisão envolveu realmente me arriscar, me jogar em um movimento que acredito ser o melhor, sem ter como provar, e fazê-lo com empolgação pelo que virá pela frente. 

O Tangerino se torna uma solução by Sólides

Uma vez que a aquisição se concretizou, nos sentimos confiantes de que seríamos capazes de cumprir nossa meta: oferecer uma solução completa de Departamento Pessoal. Agora, ao lado da Sólides, queremos oferecer automação para outros processos da área de RH e DP. 

Nesse processo, o Tangerino mantém autonomia. Permaneço como CEO e sou sócio da Sólides. Nosso time continua comprometido com os mesmos princípios de inovação e, fora algumas atividades de back office, nossos processos se mantêm separados.  

Com a aquisição pela Sólides, o que muda é que passamos a ter uma oportunidade extremamente rica de benefícios mútuos. O relacionamento, que já era próximo, agora permite ainda mais troca de conhecimento, metodologias, dados e ferramentas. E, para os clientes, a junção forma uma solução completa para o RH e DP das PME’s.

Não é atoa que, ao anunciarmos internamente a venda, instaurou-se um clima de celebração! 

Nosso time, vestido com a camisa do Tangerino em todos os sentidos, desceu as ruas de Belo Horizonte rumo à sede da Sólides, onde fomos calorosamente recebidos pelos Solidianos.

Agora, juntos, estamos buscando construir algo que impacte a vida de todas as pequenas e médias empresas do Brasil. Sonhamos grande!

Estamos muito motivados e animados por tudo que ainda está por vir. Estamos construindo uma solução realmente completa, que vai mudar a realidade de gestão de nossos clientes, do processo de admissão, recrutamento, gestão de pessoas, avaliação de desempenho, fechamento de folha de ponto, gestão de benefícios, ou seja, tudo que ele precisar em um lugar.

This post was last modified on junho 16, 2022 5:03 pm

Leonardo Barros

Share
Published by
Leonardo Barros

Recent Posts

Revolução Pix: colaboração entre Banco Central e mercado financeiro foi crucial para pensar, criar e implementar Pix no Brasil

Parte do sucesso do Pix tem suas bases no alinhamento entre os objetivos do Banco…

junho 28, 2022

Revolução Pix: como o método de pagamento instantâneo criado no Brasil colocou o país na vanguarda da indústria global de pagamentos

Liderada pelo Banco Central, a criação do Pix é um exemplo de como a inovação…

junho 20, 2022

Time to market: a arte de ligar os pontos

O Time to Market tem sido um grande aliado das startups para atrair investidores, mas…

junho 19, 2022

Appmax cresce sete vezes ajudando clientes a vencer fraudes e “burocracia digital”

Empresa fundada em 2018 pelos irmãos Betina e Marcos Wecker viu número de sites usando…

junho 19, 2022

Americana Sezzle estreia no Brasil com solução BNPL para pequenas e médias empresas

Fintech fundada nos Estados Unidos enxerga o país como porta de entrada para o crescente…

junho 15, 2022