Negócios

BTG Pactual compra Empiricus e Vitreo por R$ 690 milhões

Com a aquisição de conglomerado Universa, que reúne Empiricus, Vitreo, Money Times, Seu Dinheiro e Real Valor, banco amplia sua presença no varejo de investimentos  

BTF Pactual
Foto: Rafapress/Shutterstock
Read in english
  • A aquisição custou R$ 690 milhões, sendo R$ 440 milhões pagos à vista e R$ 250 milhões em units do BTG Pactual;
  • A Empiricus tem hoje 425 mil clientes e a Vitreo tem aproximadamente R$ 11 bilhões em ativos sob custódia com crescimento de 4% ao mês;
  • As empresas da Universa continuarão operando separadamente do BTG Pactual, mantendo a independência editorial dos sites de notícias e a liberdade para criação e lançamento de novos produtos.

O banco de investimentos BTG Pactual anunciou a compra da totalidade do Grupo Universa, conglomerado de empresas do qual fazem parte Empiricus, Vitreo, Money Times, Seu Dinheiro e Real Valor. A aquisição custou R$ 690 milhões, sendo R$ 440 milhões pagos à vista e R$ 250 milhões em units do BTG Pactual; ainda, o banco poderá pagar valores adicionais no período de 4 anos, vinculados a metas operacionais e financeiras. 

O negócio é mais um passo do banco na estratégia para se consolidar como um dos líderes no mercado de investimentos de varejo no Brasil.

A Empiricus, que está à frente dos portais Seu Dinheiro e Money Times, além da startup Real Valor, e a Vitreo são parceiras comerciais desde 2018. Juntas, as duas criaram um modelo de negócio alinhado ao cliente em que a Empiricus ficava próxima ao investidor, pensando as carteiras teóricas, enquanto a Vitreo executava essas ideias como instituição financeira. 

LEIA TAMBÉM: Startup Deel chega ao Brasil com solução para contratação de profissionais estrangeiros

A parceria chamou a atenção do mercado. A Empiricus tem hoje 425 mil clientes e a Vitreo tem aproximadamente R$ 11 bilhões em ativos sob custódia com crescimento de 4% ao mês. 

Na visão do BTG Pactual, a indústria de investimentos de varejo teve um crescimento expressivo no número de investidores, impulsionando o desenvolvimento de soluções para atender a essa nova clientela. A expertise do conglomerado Universa atende a essa frente. 

Segundo o BTG informou, as empresas da Universa continuarão operando separadamente, garantindo a independência editorial da Empiricus Research e dos sites de notícias e a independência de criação e lançamento de novos produtos pela Empiricus e pela Vitreo

LEIA TAMBÉM: XP faz acordo com Messem para criar nova corretora de investimentos

Felipe Miranda, estrategista-chefe, e Caio Mesquita, fundador e CEO da Empiricus, afirmaram que o negócio representa mais apoio de capital e tecnologia para os clientes e funcionários das empresas. “Este é um grande impulso ao modelo 3.0 de investimentos” disse Mesquita. “Seremos capazes de fazer tudo o que sempre quisemos. Estou 100% convencido de que a combinação Empiricus e Vitreo, com apoio do BTG Pactual, oferece a melhor alternativa ao investidor pessoa física brasileiro,” acrescentou Miranda.

Os dois e Rodolfo Amstalden, sócios-fundadores da Empiricus, e George Wachsmann, CIO da Vitreo, seguirão no comando da operação e passam também a integrar o quadro societário do BTG Pactual quando a operação for concluída.