Negócios

EBANX finca seus pés no México: fintech passará a operar pagamentos locais na segunda maior economia da América Latina

A empresa, que também é dona do LABS, acaba de abrir um escritório no país, onde esperar dobrar seus negócios pelo segundo ano consecutivo

João Del Valle, um dos fundadores e CEO do EBANX
João Del Valle, um dos fundadores e CEO do EBANX. Foto: Rafael Dabul/ EBANX Divulgação
Read in englishLeer en español
  • O EBANX conta com clientes como a varejista chinesa de moda SHEIN, a Shopee, de Singapura; e a plataforma de e-commerce norte-americana Wish entre seus clientes no México;
  • O cofundador e CEO da empresa, João Del Valle, diz que a empresa pretende ampliar os serviços para que novas companhias internacionais entrem no mercado mexicano.

O EBANX, fintech que processa pagamentos para empresas globais na América Latina e é dona do LABS, espera dobrar seus negócios no mercado mexicano pelo segundo ano consecutivo em 2022, à medida que avança para a segunda economia da América Latina, disse o cofundador e CEO da empresa, João Del Valle.

Segundo ele, o EBANX está fazendo parceria com até 10 novos varejistas, abrindo seu primeiro escritório no país e ampliando equipe.

Novo escritório do EBANX na Cidade do México. Foto: Rafael Bautista/Divulgação.

LEIA TAMBÉM: E-commerce na América Latina terá crescimento de 37% em 2021, aponta estudo do EBANX

As transações do EBANX no México devem crescer 105% este ano após saltarem 115% em 2021, segundo projeções da empresa.

Apoiado pela gestora de private equity norte-americana Advent International, o EBANX vê o México como seu segundo mercado mais importante. A empresa desembarcou por lá em 2015.

LEIA TAMBÉM: Crescendo mais rápido do que no Brasil, Nu México chega 760 mil cartões de crédito

Ao contrário do Brasil, onde cerca de cinco grandes marketplaces dominam o setor de varejo, Del Valle disse que o cenário do México é mais competitivo. “O México é muito mais diversificado. Provavelmente temos 10 marketplaces que atendem 80% do mercado, então isso é muito mais saudável e tem muito mais espaço para competição e para oferecer serviços diferentes”, disse ele.

O EBANX conta com clientes como a varejista chinesa de moda SHEIN, a Shopee, de Singapura; e a plataforma de e-commerce norte-americana Wish entre seus clientes no México. Del Valle diz que a empresa pretende ampliar os serviços para que não só novas companhias internacionais entrem no mercado mexicano, mas que as próprias empresas mexicanas possam operar localmente com as soluções do EBANX.

LEIA TAMBÉM: Entrevista: Por dentro da tese da Advent International na América Latina

No mês passado, o EBANX anunciou a compra da empresa de transferências internacionais Remessa Online por US$ 229 milhões. No ano passado, a Advent International pagou US$ 430 milhões por uma participação minoritária na fintech.

Del Valle disse que um IPO pode acontecer “neste ano ou no próximo”, embora a empresa já tenha os preparativos em andamento. “Quando acharmos que é o momento correto…vamos estar prontos. Isso pode ocorrer este ano ou no próximo.”