Negócios

Eve, da Embraer, reforça parceria de mobilidade aérea urbana com startup de Cingapura

Subsidiária planeja disponibilizar até 100 táxis voadores para serem utilizadas por meio da plataforma da Ascent

Eve, subsidiária da Embraer, anuncia parceria com startup de mobilidade da Ásia
A startup Ascent pagará pelo tempo de voo nas aeronaves da Eve ao mesmo tempo em que irá operar com outros parceiros. Foto: Eve Urban Air Mobility/Divulgação
Read in english
  • A Eve, subsidiária de mobilidade da Embraer, planeja disponibilizar aeronaves para serem comercializadas pela plataforma da startup Ascent, que atua como um aplicativo sob demanda;
  • Chamados de táxi voador, veículos oferecem redução de ruídos, zero emissões e prometem uma nova abordagem de mobilidade urbana.

A Eve Urban Air Mobility, subsidiária da Embraer ampliou parceria com a Ascent Flights Global Ltd. na região da Ásia Pacífico, pela qual fornecerá à startup com sede em Cingapura até 100 mil horas de voo em veículos elétricos de decolagem e pouso na vertical (eVTOL).

“A aeronave será utilizada em grandes cidades como Bangcoc (Tailândia), Manila (Filipinas), Melbourne (Austrália), Singapura e Tóquio, no Japão”, afirmou a fabricante brasileira de aviões em comunicado nesta segunda-feira (23).

LEIA TAMBÉM: Azul faz parceria de US$1 bi com empresa alemã de “eVTOL”

De acordo com a Embraer, a Eve planeja disponibilizar até 100 aeronaves para serem comercializadas pela plataforma da Ascent, que atua como um aplicativo de mobilidade sob demanda, em suas rotas atuais e futuras.

A startup pagará pelo tempo de voo nas aeronaves da Eve ao mesmo tempo em que irá operar em conjunto com outros parceiros na Ásia-Pacífico e de outros mercados. A implementação das aeronaves da Eve na rede da Ascent está sujeita à celebração de acordos finais entre as partes, disse a Embraer.

LEIA TAMBÉM: EmbraerX fecha acordo com americana Elroy Air para desenvolver sistema de logística autônomo para cargas

As aeronaves do sistema eVTOL, também conhecidas como táxi voador, prometem zero emissão de carbono e baixas taxas de ruído. O veículo fez seu primeiro voo “em um simulador”, em julho de 2020 e uma prova de conceito em outubro do mesmo ano.

“Ascent é uma das líderes em mobilidade aérea urbana da Ásia-Pacífico e sua presença forte na região a torna uma parceira ideal as operações da Eve. A região possui uma enorme demanda por soluções inovadoras de transporte que pode ser atendida por nossas aeronaves de baixa emissão. É a receita certa para o crescimento sustentável”, aponta o presidente e CEO da Eve, André Stein.