Negócios

Inter e ABC Brasil fecham parceria para atuar no mercado de capitais

A ideia é somar a expertise do ABC Brasil em originação e estruturação de operações de debêntures de infraestrutura e crédito privado com a capilaridade do Inter, com seus mais de 11 milhões de clientes

Banco Inter, Brasil
Foto: Divulgação/Inter
  • Bancos Inter e ABC Brasil firmaram parceria para atuar conjuntamente em áreas como estruturação, colocação e distribuição de títulos e valores mobiliários e de fundos de investimentos;
  • Segundo o presidente do Inter, a parceria foi decorrência natural de complementariedades técnicas e de canais entre as duas empresas;
  • O mercado reagiu à notícia: por volta de 11:50, as units do Inter valorizavam-se 7,3%, a R$ 192,11, maior alta do Ibovespa, enquanto as preferenciais do ABC Brasil avançavam 2,3%.

Banco Inter firmou parceria com o Banco ABC Brasil para atuar conjuntamente no mercado de capitais brasileiro em áreas como estruturação, colocação e distribuição de títulos e valores mobiliários e de fundos de investimentos, comunicaram as instituições na noite de quarta-feira, 19.

A parceria utilizará a expertise do ABC Brasil em originação e estruturação de operações de debêntures de infraestrutura, crédito privado e de distribuição no segmento institucional e a capilaridade e expertise em crédito imobiliário do Inter para a distribuição entre seus mais de 11 milhões de clientes.

LEIA TAMBÉM: Inter escolhe marketplace como operação-chave para abrir as portas do mercado internacional

“Vemos no ABC não só similaridades de cultura, mas também complementariedades técnicas e de canais. Diante de tantas sinergias, a criação dessa parceria ocorre de forma muito natural”, declarou João Vitor Menin, presidente do Inter, em comunicado à imprensa.

Para Sérgio Lulia Jacob, presidente do ABC Brasil, a parceria no mercado de renda fixa vai ampliar o portfólio de soluções que o banco oferece a seus clientes, enquanto aumenta as alternativas de investimento para os clientes do Inter. “Trará benefícios para os clientes das duas instituições,” afirmou Jacob.

Segundo informou o Inter, a parceria vai incluir a análise conjunta de operações selecionadas de renda fixa, distribuição dos ativos nas duas bases de investidores e uso dos recursos das tesourarias dos bancos quando necessário.

LEIA TAMBÉM: BTG Pactual obtém autorização para transformar corretora em banco na Colômbia

As units do banco digital dispararam nesta quinta-feira, após o anúncio da parceria com o Banco ABC Brasil, o que também elevou os papéis preferenciais do banco com foco em empresas.

Por volta de 11:50, as units do Inter valorizavam-se 7,3%, a R$ 192,11, maior alta do Ibovespa, que oscilava ao redor da estabilidade. As preferenciais do ABC Brasil, que não estão no Ibovespa, avançavam 2,3%.

Na visão de analistas do BTG Pactual, o acordo é positivo para o Inter, mas especialmente positivo para o ABC Brasil, que aproveita do poder de distribuição no varejo do Inter.

No primeiro trimestre de 2021, o Inter registrou lucro líquido de R$ 20,8 milhões, revertendo um prejuízo de R$ 8,4 milhões do ano anterior. Confira entrevista exclusiva do COO da empresa, Ray Chalub, com o LABS.