Negócios

Locaweb anuncia compra da Squid, plataforma de gestão de influenciadores

Locaweb reforça estratégia de expansão com aquisição de empresa especializada em conectar influenciadores e criadores de conteúdo às marcas

Locaweb compra plataforma de influencers Squid
Foto: Mateus Campos Felipe/Unsplash
Read in english

A Locaweb anunciou nesta terça-feira (5) acordo para a aquisição da Squid, empresa especializada em conectar influenciadores e criadores de conteúdo às marcas, por aproximadamente R$ 176,5 milhões.

Adicionalmente, segundo a Locaweb, os vendedores terão o direito a receber eventual ‘earnout‘, a depender do atingimento de determinadas metas financeiras apuradas com base na receita líquida de repasse da Squid, conforme definido no contrato.

LEIA TAMBÉM: Em busca da startup ideal, SPAC do Mercado Livre e da Kaszek levanta US$ 287 milhões

Fundada em 2014, a Squid atua no segmento de ‘Creators Economy’ no Brasil e automatiza o processo de identificação, recrutamento, gestão e pagamento de influenciadores digitais, segundo fato relevante à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Atualmente, a base da Squid reúne mais de 100 mil influenciadores e a receita anual recorrente (ARR) é superior a R$ 100 milhões, com crescimento de triplo dígito em 2021, disse a Locaweb.

“A forma como as pessoas interagem com as marcas vem mudando muito ao longo dos últimos anos. Quem nunca comprou um produto ou contratou algum serviço depois de ver alguém que admira e acompanha nos canais digitais falando sobre ele ou simplesmente o utilizando. A Squid está trazendo para o grupo Locaweb a oportunidade de juntos, democratizarmos esse mercado de conteúdo no Brasil”, afirma Fernando Cirne, CEO da Locaweb.

Maratona de aquisições

Nos últimos meses, a Locaweb tem se mostrado bastante ativa no mercado. Após levantar R$ 575 milhões em seu IPO, a Locaweb realizou 17 aquisições nos últimos meses, de acordo com dados da plataforma Sling Hub.

LEIA TAMBÉM: Locaweb passa a oferecer crédito para PMEs e entra no mercado de serviços financeiros

Na área de social commerce, a companhia anunciou a incorporação da plataforma de e-commerce com foco em social commerce Bagy, assim como a Octadesk, plataforma SaaS que ajuda empresas a se relacionarem com os clientes.

A “maratona de aquisições” ainda conta com as empresas Social Miner, Etus, Vindi, Melhor Envio, Connectplug, Samurai, Credisfera e Dooca Commerce.