Negócios

Zoop recebe R$ 60 milhões em rodada liderada pela Movile

A Zoop presta serviços financeiros para o mercado B2B, com uma solução white label que permite que empresas de todos os tamanhos se tornem fintechs

Patrick Hruby, CEO da Movile. Foto: Divulgação
Read in english
  • A Movile é uma das principais investidoras e aceleradoras da América Latina, e já tinha investido na Zoop antes;
  • Esta é a terceira rodada de investimentos da startup desde o início de 2018.

A Movile, dona do iFood, anunciou hoje que liderou um novo investimento de R$ 60 milhões na Zoop, que presta serviços financeiros para o mercado B2B, com uma solução white label que permite que empresas de todos os tamanhos se tornem fintechs, oferecendo pagamentos e serviços financeiros aos seus clientes. A Movile é uma das principais investidoras e aceleradoras da América Latina e já era investidora da Zoop. Esta é a terceira rodada de investimentos da startup desde o início de 2018.

LEIA TAMBÉM: Conheça a Hash, a fintech brasileira que ajuda outras empresas a se tornarem fintechs

“Fornecemos a tecnologia em compliance para uma indústria altamente regulamentada, enquanto nossos parceiros podem se concentrar nas ofertas e no relacionamento com seus clientes”, disse Fabiano Cruz, CEO e cofundador da Zoop, ao LABS. “Certamente, com a digitalização acelerada de todos os tipos de negócios na América Latina, tem havido uma grande demanda por todos os tipos de novos serviços financeiros, incluindo pagamentos, bancos e crédito. Na verdade, assinamos mais de 40 novos clientes para a Zoop durante a pandemia, desde março.”

Cruz afirmou que o TPV (volume total de pagamentos) da empresa cresceu 140% neste ano em relação ao ano anterior. Sem detalhar faturamento passado também, a fintech diz ter visto seu TPV crescer quatro vezes no ano passado em relação a 2018. Atualmente, a fintech tem mais 500 empresas usando a sua plataforma.

“Acreditamos que qualquer empresa, em qualquer setor, será capaz de agregar novas linhas de receita, oferecendo contas digitais, cartões pré-pagos, saques, transferências, pagamentos de contas, pagamentos instantâneos (PIX) e uma série de outros produtos e serviços disponíveis no plataforma de tecnologia de marca branca da Zoop ”, disse Cruz.

Co-fundador e CEO do Zoop, Fabiano Cruz. Foto: Divulgação

A Zoop usará a nova rodada de financiamento para acelerar o crescimento das fintechs do grupo Movile e também para lançar novos produtos para a sua plataforma white label. A fintech atua em mobile payment, banking as a service (vertical lançada recentemente) e crédito.

Fundada em 2013, a Zoop tem hoje mais de 500 parceiros em sua plataforma.

LEIA TAMBÉM: iFood lança conta digital para restaurantes parceiros

Ao LABS, Patrick Hruby, CEO da Movile, contou que a nova rodada vai impulsionar as empresas do grupo. É a plataforma da Zoop, por exemplo, que cuida da infraestrutura de contas digitais do novo cartão pré-pago da Movile.

A MovilePay está aproveitando a infraestrutura e a capacidade da Zoop de acelerar os serviços financeiros do iFood para criar um banco para a rede do iFood de mais de 212.000 restaurantes no Brasil e além, por exemplo. A Zoop também está trabalhando com outras empresas Movile, como PlayKids e Sympla

Patrick Hruby, CEO da Movile.

LEIA TAMBÉM: iFood compra SiteMercado e amplia aposta em mercearias

Hruby disse ao LABS que o movimento de open banking, liderado pelo Brasil e pelo México na América Latina, incluindo o marco regulatório das fintechs de 2016, levou a um boom nos investimentos nessas startups em toda a região. “Os principais países da América Latina se comprometeram a permitir mais inovação tecnológica, ao mesmo tempo que oferecem proteção ao consumidor e requisitos financeiros prudentes, sem criar barreiras desnecessárias por meio de encargos administrativos e regulatórios para as fintechs”, disse ele.