Insider, de roupas antivirais, levanta rodada de R$ 12 milhões com BTG

Investimento via venture debt será usado para ampliar a equipe e lançar novos produtos; startup quadruplicou faturamento em 2020

Insider, de roupas antivirais, levanta rodada de R$ 12 milhões com BTG
Yuri Gricheno e Carolina Matsuse, fundadores da Insider. Foto: Divulgação
Read in english

A Insider, startup de roupas funcionais, levantou R$ 12 milhões via venture debt com o boostLAB, o hub de tecnologia do banco de investimentos BTG Pactual.

A startup vai investir o capital arrecadado em contratações e novos produtos. A ideia é aproveitar o bom momento da empresa, que alavancou o negócio durante a pandemia graças a um catálogo de produtos de tecido antiviral. Segundo a Insider, a startup quadruplicou o faturamento em 2020, alcançando R$ 30 milhões, e passou de 10 para 70 funcionários. 

LEIA TAMBÉM: Nasce um ‘unicórnio’ de 30 anos no México

Yuri Gricheno, um dos fundadores da Insider junto com Carolina Matsuse, disse que a rodada de venture debt funciona para a marca como uma ponte entre o atual modelo bootstrap da empresa e a Série A, que está nos planos para acontecer até o final do ano. 

O venture debt é uma via de financiamento para startups menos conhecida no Brasil, que consiste no financiamento através de uma dívida não conversível. No caso da rodada venture debt da Insider, o acordo entre a startup e o BTG Pactual incluí um equity kicker de 5 anos, o que permite que o boostLAB capture parte da valorização da marca em caso de um evento de liquidez. 

LEIA TAMBÉM: LogComex, startup de Big Data para comércio exterior, anuncia Série A de R$ 53,6 milhões

A Insider foi fundada em 2016 com a proposta de agregar tecnologia ao processo de produção de roupas funcionais, criando peças mais duráveis e com ação anti odor, antibacteriana, com regulação térmica e, com a pandemia, antiviral – um dos maiores sucessos da marca foram as máscaras e camisetas com tecnologia antiviral. A Insider não tem lojas físicas, todas as vendas são online, e atualmente opera apenas no Brasil.